Projecto 333: o balanço

Que bem que sabe, de manhã, abrir o armário! É uma leveza incrível!
Antes, confesso que me sentia logo exausta só de olhar para tanta roupa. É certo que já sabia mais ou menos o que iria vestir, mas no meio daquela roupa toda sentia-me perdida e cansada...
Isso agora acabou!
Só uso metade do armário e muito menos roupa. Nem preciso de abrir as outras duas portas, onde reina a confusão, pois toda a roupa que uso agora está na "parte calma".

Aquilo que aprendi:
  1. Não preciso de muita roupa para me sentir bem. Com poucas peças (se estas forem peças-chave) é possível ter conforto e estilo. E que características deve ter a roupa?
  2. É muito rápido vestir-me! Como escolhi bem as peças, todas combinam entre si e isso facilita muito o processo. Agora posso guardar esta energia para outras decisões mais importantes
  3. Ver pouca roupa no armário (sobretudo de manhã) dá-me logo mais energia
  4. Tornei-me mais criativa, pois tendo menos roupa acabo por inventar outfits que nunca tinha usado antes
  5. É mais fácil ir às compras, pois sei exactamente aquilo que preciso: ou é uma peça para substituir outra que se estragou, ou então é alguma peça que estava a faltar e que irá combinar com tudo o resto. Assim, poupo dinheiro, pois só compro o estritamente necessário/aquilo que faz realmente falta
  6. Ao usar poucas peças, passei a saber o que realmente gosto/quais são as minhas peças preferidas
  7. Livrei-me ainda de mais roupa, pois sei que cada vez preciso de menos roupa e também não consigo deixar o meu guarda-fatos neste estado durante muito mais tempo (a ideia é organizá-lo à séria de forma a que ambas as partes fiquem equilibradas)
  8. Estou a adorar este projecto e os seus resultados e por isso sinto-me muito bem por ter decidido participar
  9. Apesar de serem apenas 33 peças, acreditem que não sinto que tenho assim tão pouco para vestir. 33 é mais do que suficiente! Só falta um mês para terminar este desafio e ainda não usei toda a roupa (2 peças ainda não foram usadas). De qualquer das formas, se não se sentirem confortáveis com a ideia das 33 peças, podem escolher 40 ou 44 ou o que acharem melhor. Cada um faz as suas próprias regras.
Ao longo do projecto, acrescentei algumas peças (foram só 2 t-shirts), para usar ao fim-de-semana, pois geralmente uso roupa diferente da que uso durante a semana. Na altura em que defini as peças, confesso que me esqueci disso. Também me livrei de uma peça que ficou velha e troquei um vestido por outro, pois cheguei à conclusão que não era indicado para o frio que tem estado (talvez o use no próximo 333).

Etiquetas: ,