Como purificar o ar? Tipos de difusores

27 fevereiro 2017

círculo bio

Já há muito tempo que queria arranjar uma forma de purificar o ar cá em casa!
Temos alergias e por mais que limpe a casa há sempre pó e outras particulas no ar, sobretudo desde que temos uma companhia canina.
Sempre gostei de velas, mas as velas apenas disfarçam o mau cheiro e não purificam o ar.
Finalmente encontrei na Círculo Bio difusores que para além de cumprirem a sua função (purificar o ar) são bonitos, o que para mim é um aspecto super importante.

Antes de comprar pedi ajuda à Círculo Bio, que tem um mail específico de apoio (apoio@circulobio.pt), e rapidamente me responderam com imensa informação.
Felizmente o hiko, o difusor que mais gostava, era o mais indicado!
O hiko é um difusor ultrassónico. Podem ver as explicações mais abaixo sobre os tipos de difusores.



círculo bio

Para além do meu querido difusor, encomendei também uma mistura de óleo essenciais indicada para purificar o ar, da Pranarom. Esta mistura contém abeto balsâmico, pau de Hô, malaleuca e casca de laranja doce. O cheiro é super suave (eu não gosto nada de cheiros fortes, sou daquelas que gosta quando não se sente cheiro nenhum!). Tenho usado um bocadinho por toda a casa, num dia deixo por exemplo na sala, no outro dia no quarto. A grande vantagem é que após 60m, 120m ou 180m desliga-se sozinho.

Estou super contente com os resultados! Por exemplo, no quarto sentimos logo diferença quando acordamos de manhã, pois costumavamos acordar quase sempre com o nariz entupido! À noite também gosto de usar o difusor como luz de presença, fica giro e é prático.

Recebi ainda um pequeno guia sobre óleos essenciais com a explicação de cada um e as respectivas indicações.

Aqui podem encontrar todos os difusores que se encontram disponíveis na Círculo Bio.

Deixo-vos agora uma explicação detalhada de todos os tipos de difusores e das suas principais características:

Difusão a frio:
- Os difusores ultrassónicos emitem um vapor frio (em sentido ascendente) criado por vibrações ultrassónicas (shadé, hiko e lilou)
- Nos difusores por nebulização o ar é bombeado transformando o óleo essencial numa névoa que se espalha pela atmosfera (neolia)
- Os difusores por ventilação possuem um ventilador de ar para difundir os óleos essenciais no ambiente (ventilia)

Difusão por aquecimento:
- Os difusores por aquecimento operam a baixa temperatura especialmente adaptada para a difusão de óleos essenciais (stonelia, lightlia)

Os difusores shadé, hiko e lilou são difusores ultrassónicos.
Características gerais: funcionam com electricidade; interrupção manual ou automática; umidificador do ar; luz ambiente.
Vantagens: difusão a frio (mantém todas as propriedades dos óleos essenciais, emitem uma luz suave, fácil manutenção e não necessitam de um líquido de limpeza especifico; duração ajustável*, um ar mais saudável: sob o efeito das vibrações ultrassónicas, os óleos essenciais colocados na água são dispersos numa névoa aromática e benéfica: o ar é simultaneamente humidificado e higienizado;
Desvantagens: área de difusão até 30m2 (no manual do difusor hiko vem a indicação de 20m2; no manual dos outros dois difusores não vem qualquer indicação mas segundo os fornecedores será até 30m2)

*shadé - difusão contínua e difusão alternada (30 segundos em difusão e 30 segundos sem difusão); quando o tanque de água fica vazio as funções de difusão e de iluminação desligam-se automaticamente.

Hiko - difusão contínua, 1 hora, 2 horas, 3 horas. a luz led pisca assim que o nível de água fica demasiado baixo; sem intervenção do utilizador o difusor desliga-se passado 5 minutos)

Lilou - difusão contínua (o aparelho desliga-se cerca de 30 minutos após o inicio da difusão em fase contínua) ou alternada (20 segundos em difusão, 40 segundos sem difusão; o aparelho desliga-se cerca de 90 minutos após o inicio da difusão em fase descontínua); quando o tanque de água fica vazio as funções de difusão e de iluminação desligam-se automaticamente.

O difusor neolia funciona por nebulização. A nebulização é um processo de difusão a frio.
Características gerais: funciona com electricidade; interrupção manual ou automática; princípio de nebulização a seco: óleos essenciais puros, sem água; bocal e tubo nebulizador removível (e substituível)
Vantagens: difusão a frio (mantém todas as propriedades dos óleos essenciais), aromatização do ar rápida e potente: área de difusão até 100 m2; frequência e duração da difusão ajustáveis*;

Desvantagens: emite algum ruído; necessita de um produto de limpeza;
*difusão continua, 30 minutos, 60 minutos ou 120 minutos (tempo de difusão durante o ciclo pode escolher entre 5, 10, 30 ou 60 segundos; pausa entre as difusões durante o ciclo - pode escolher entre 5, 10, 30 ou 60 segundos);

O difusor ventilia funciona por ventilação.
Características gerais: funciona com electricidade; interrupção manual ou automática; luz ambiente.
Vantagens: difusão a frio (mantém todas as propriedades dos óleos essenciais), área de difusão 60m2, iluminação ambiente, modo silencioso.
Desvantagens: a longo prazo necessitará de recargas.
O disco metálico situado na parte frontal do difusor deixa passar o sopro de ar difundindo o óleo essencial e oferece uma iluminação ambiente; a corrente de ar que difunde o aroma pode ajustar-se em 3 velocidades; ciclos de difusão de 30 minutos.

Resumindo, os difusores mais ecológicos parecem-me ser os ultrassónicos (por isso é optei por um), pois não necessitam de recargas (como os difusores por ventilação) nem de líquidos de limpeza específicos (como os difusores por nebulização). Outras vantagens: não fazem quase barulho (até considero o som que emitem bastante relaxante) e necessitam de pouca quantidade de óleo essencial.

Para espaços maiores, os mais adequados são os difusores por nebulização. Como o óleo essencial é difundido no estado puro sem água não é adequado para espaços com crianças pequenas (são mais adequados os ultrassónicos que utilizam água).

E os óleos essenciais mais indicados para purificar o ar são: niaouli, citrinos, eucaliptos, erva-príncipe ou mistura de óleos essenciais.

Obrigada à Círculo Bio pela ajuda preciosa (post em parceria, pois eu nunca seria capaz de saber isto tudo sobre difusores!)

10 comentários:

  1. Ana, excelentes dicas em parceria perfeita com a Circulo Bio. Andava com as mesmas dúvidas e o post ajuda imenso na escolha :-)

    ResponderEliminar
  2. Por acaso não tinha a mínima noção sobre nada do assunto. Os únicos que utilizamos aqui em casa são aqueles para deixar um cheiro agradável, mas não sabia desses para realmente purificar o ar! E o que escolheste é realmente giro! Obrigada pela partilha :)

    Automatic Destiny

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Rosana, pois eu até aqui também não tinha noção nenhuma!
      Ainda bem que gostaste ;)
      Beijinho*

      Eliminar
  3. Aqui estamos sempre a aprender! E sempre em prol de um mundo melhor, que bom!!!
    Obrigada por esta maravilhosa partilha!
    Beijinho minha querida*

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Que bom! Sinto-me mesmo feliz quando dou a conhecer coisas novas e diferentes :)
      Beijinho grande*

      Eliminar
  4. Os difusores funcionam a energia eléctrica, mas têm de estar ligados à corrente ou possuem bateria recarregável?
    Ando de olho num, mas dava preferência a que fosse recarregável

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Maria, têm que estar ligados mas gastam pouco e depois desligam sozinhos. Se tivessem bateria tinhas que deixar ligado à corrente para carregar e depois deixavas a trabalhar com a bateria. Neste caso não via grande vantagem na bateria. Até era mais uma coisa que poderia avaria e que teria que ser substituída. Assim não há esse problema.

      Eliminar
    2. A questão é o local onde o quero colocar, não tenho tomada próxima ;)

      Eliminar
    3. Não consegues arranjar uma extensão? Também ligas por pouco tempo, 2/3h no máximo, depois desligas e arrumas :)

      Eliminar