Como não perder tempo a decidir o que vestir?

01 dezembro 2016



Uma amiga enviou-me este artigo há uns tempos e não consegui deixar de pensar nele... Na altura partihei-o no facebook do blog. Adoro esta ideia de usar um uniforme e gostei particularmente do uniforme que a Matilda usa e que aparece nesta foto. Identifiquei-me totalmente!


Mas por alguma razão não me imagino a comprar 4 ou 5 blusas iguais quando vou a uma loja... Acho que teria que comprar uma, usar algumas vezes, ver se gosto assim tanto e só depois comprar mais algumas unidades. O problema é que neste intervalo de tempo de certeza que já não encontraria mais peças iguais. Sei que ela demorou cerca de 3 semanas até encontrar as peças ideais... Será que eu teria paciência para fazer o mesmo?

Esta ideia de se usar um uniforme não é algo novo... Mas sempre que li sobre este assunto dirigido ao universo feminino, o conceito não era literal, ou seja, o uniforme seria uma blusa preta e umas calças de ganga, por exemplo, mas poderíamos utilizar diversas versões de cada uma das peças.
Comprar várias peças iguais ainda não me tinha passado pela cabeça!

As vantagens são inúmeras! Já me imagino a preparar o saco da roupa em 2 minutos (nos dias em que vou ao ginásio levo a roupa de desporto vestida e a roupa para mudar no saco).

A Matilda usa este uniforme apenas durante a semana de trabalho, aos fins-de-semana e em festas usa outras peças de roupa e é nestas alturas que aproveita para usar peças coloridas e bem diferentes.

E tu usarias um uniforme como este?

10 comentários:

  1. Olá Ana,
    O meu conceito de uniforme também não passa por ter várias peças iguais mas sim por ter peças com características similares (por exemplo, uso muito blusas pretas de manga comprida com fecho atrás e calças pretas com diferentes acabamentos; ou então peças pretas mas com cortes e texturas diferentes (acho que preto e azul 'meia-noite' são o meu uniforme...)).
    Tenho-me debatido um pouco com o meu guarda-roupa porque, se por um lado gosto de ter um "uniforme" por outro lado, sinto que neste momento tenho menos escolhas do que gostaria. Preciso de um sobretudo novo, por exemplo, mas ainda não encontrei o ideal... Gostava de ter uma ou outra peça especial. Enfim, ando picuinhas com as compras, debato-me com os materiais, os cortes, os preços, os locais de produção a ponto de nesta black friday não ter conseguido comprar nada daquilo que estou a precisar. Só comprei um par de meias, foi a única exceção. ahaha :D
    De resto, segui o teu conselho: há roupa que deixei de usar. Foi para vender e para dar a quem possa apreciar e precisar. De facto a vida é demasiado curta para se 'beberem maus vinhos'.

    Um beijinho :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Carmen, aposto que te começaste a sentir muito melhor :)
      Temos que tratar bem de nós e usar as roupas que realmente gostamos faz parte disso.
      Beijinhos

      Eliminar
    2. Olá querida!

      Muito interessante este teu post, tenho que admitir que me deixou a pensar.
      Sinceramente nunca me passou pela cabeça usar "uniforme" para os meus dias. Como para trabalhar tenho que usar, talvez para mim se tornasse um pouco aborrecido fazê-lo fora do trabalho. Se bem que a roupa que uso diariamente é muito no mesmo estilo, posso não comprar peças iguais mas compro semelhantes.
      A verdade é que cada vez compro menos e isso sim faz-me sentir bem. Gosto da forma como me visto, para mim usar uniforme pelo menos por agora não me faz grande sentido!
      Beijinho grande e obrigada por todo o despertar que me provocas!

      Eliminar
    3. Olá Catarina, obrigada :) Pois é, foi por isso mesmo que eu ainda não consegui deixar de pensar nisto!
      Realmente no teu caso não vale a pena, como fazes ja é óptimo!
      Beijinho e bom fim-de-semana

      Eliminar
  2. Quando trabalhei num bar tínhamos de usar uma blusa igual para toda a malta do staff e adorava! Só tinha de pensar na parte de baixo, calções ou saia normalmente. Era um alívio!
    Mas sinceramente, para mim este sistema não dá. Nem que comprasse as 4 blusas de cor diferente. Visto me conforme o meu modo, há dias que estou mais virada pro preto e outras pro vermelho... iria fartar me rapidamente.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Imagino, que alívio! :)
      Percebo-te perfeitamente em relação ao mood e sei que há pessoas assim :) Eu já fui um pouco assim, agora independentemente daquilo que sinto percebo que gosto sempre de vestir o mesmo tipo de coisas :)

      Eliminar
  3. Adorei esta publicação. :) Eu tenho uma forma semelhante de encarar a minha roupa de trabalho: tenho roupas das mesmas cores, geralmente preto, branco e burgundy, e garanto que todas as minhas peças combinam entre si. Assim, é só mesmo tirar umas calças e uma camisola de roupeiro e tenho a certeza de que vão combinar. :)
    Durante o fim de semana, como tenho mais tempo, também tenho roupas mais diferentes, mais coloridas... É mais fácil assim! Mas acho que não conseguia optar pelo uniforme total. :p

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Joana, que bom! então já acabas por usar um uniforme mas de outra forma. Todas elas são válidas. O importante mesmo é sentirmo-nos bem e já agora que seja fácil e prático. Beijinho

      Eliminar
  4. Há uns tempos comecei a comprar várias unidades iguais, quando encontro algo do qual gosto mesmo, e confesso que o meu estilo é bastante uniforme. Além disso tenho "looks" prontos na cabecinha para determinadas ocasiões, por isso é raro passar muito tempo a escolher a roupa do dia. Mas não me imagino a seguir regras à risca, embora admire quem consiga.

    ResponderEliminar