On my way to zero waste #1

25 julho 2016

Inicio hoje uma nova rubrica no blog onde pretendo documentar a minha caminhada em direcção a uma vida com menos lixo.

Sempre tive a preocupação de produzir pouco lixo e reciclar tudo o que fosse possível. Ainda assim, de cada vez que vou às compras e depois quando levo os sacos para a reciclagem sinto que preciso de reduzir muito mais! 
Hoje em dia tudo está embalado (muitas vezes em várias embalagens) e por mais que opte pelas embalagens maiores isso não me parece suficiente.

Tenho andado a ler muito sobre o assunto e foi com muita pena minha que não pude estar presente na palestra dada pela Bea Johnson dia 8 de Julho na Maria Granel.

Sou uma fã e comecei há pouco a ler o livro da Bea: 

Zero Waste Home


Uma vida zero waste anda de mãos dadas com o minimalismo e não poderia estar mais de acordo com a Bea:

"De repente descobrimos o verdadeiro sentido da vida, porque a vida não deve ser baseada em coisas mas sim em relações, em experiências, em atividades. Essa é a vida que descobrimos ao vivermos com simplicidade. É uma vida baseada em ser em vez de ter".

Leiam aqui toda a entrevista: 


A Bea apresenta-nos as regras dos 5 Rs que servem de guia a este estilo de vida:


Refuse what you do not need, Reduce what you do need, Reuse what you consume, Recycle what you cannot Refuse, Reduce or Reuse, and Rot (Compost) the rest.

Traduzindo...
  • Refuse - Recusar aquilo que não necessitamos
  • Reduce - Reduzir o que necessitamos
  • Reuse - Reutilizar aquilo que consumimos
  • Recycle - Reciclar aquilo que não conseguimos recusar, reduzir ou reutilizar
  • Rot - Fazer compostagem


Então por onde começar?

  • Fazer uma lista (tinha que ser!) com tudo aquilo que compramos que produz lixo (usei como base a lista de compras) e acrescentei mais alguns itens (como publicidade, correio, roupa, etc)
  • À frente de cada item coloquei estratégias sobre o que posso fazer: comprar a granel, fazer em casa, comprar embalagens maiores, recusar, comprar em 2ª mão... Coloquei ainda uma outra coluna com acções necessárias, como arranjar/comprar frascos de vidro/caixas/sacos em tecido.

Para além de protegermos o nosso planeta ainda poupamos imenso tempo, pois se pensarmos bem gasta-se imenso tempo a retirar tudo das embalagens, a colocar no lixo e depois a levar tudo para a reciclagem. Para além disso, ao aceitarmos publicidade e freebies na rua e em congressos/eventos teremos que perder tempo a organizar esses materiais ou simplesmente a colocá-los para reciclar...

Mais do que reciclar é preciso reduzir! Desta forma, demonstramos que não estamos interessados em coisas grátis nem em publicidade. 

No próximo post mostro como ficou a minha despensa (quase sem sacos) e partilho a minha lista.

Quem me acompanha nesta aventura?

13 comentários:

  1. Não prometo que farei a caminhada, mas vou estar atenta às dicas! Tb eu acho que preciso fazer mais, muito mais do que faço!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ter essa consciência já é importante :)

      Eliminar
  2. Ola Ana, eu vou-te acompanhar nesta caminhada. Até porque acho que tenho que fazer muito mais. Já comecei a fazer os meus próprios detergentes e quero aprender muito mais. Obrigada pela tua partilha. Beijinhos e boa semana

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Cláudia, obrigada eu por me acompanhares :) Beijinho

      Eliminar
  3. Estou nesse mesmo processo à imenso tempo. Acho que foi desde a minha primeira viagem à India em 2011, vi tanto mas tanto plástico que nem podia acreditar! A partir daí senti que tinha de mudar alguma coisa na minha vida. Reciclar já está inserido na minha vida então passei para o Reusar há uns 3 anos e agora tou na fase do zero waste. Tem sido bem mais fácil que estava à espera, pois de há uns anos para cá sinto-me mal comigo própria se aceitar levar um saco de plástico minusculo do supermercado.
    Também deixei de utilizar tampões para usar o copo menstrual, quero costurar pensos higiénicos em tecido, compro em granel o mais possivel e levo sempre a mocila ou um saco gigante ao mercado. (raramnte compro alguma coisa em supermercados de grande superficie, aliada à questão do zero waste vem também a questão da compra localmente)

    Estou, por isso, muiiiiito desejosa de ver esse teu processo e a prender/trocar ideias.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Marta, já fazes imensas coisas :) Ainda bem que não achas difícil.
      Em relação aos pensos higiénicos, comprei aqui https://www.facebook.com/PanosDaVera/
      Vou partilhando aquilo que vou fazendo, mas ainda tenho um longo caminho a percorrer!

      Eliminar
  4. Ola, eu ja comecei a trazer os meus sacos de casa (de pano) para comprar pao: funciona na Froiz, no Continente Bom Dia Massarelos e nas padarias. Foi-me explicado no Jumbo e no Pingo Doce que por razoes de higiene e seguranca alimentar nao podem usar os meus sacos de pano para pao (a nao ser que colocam primeiro nos sacos deles). Aceitam para fruta e legumes so e convem ser um bocado mais transparentes que os sacos de algodao (tipo rede de mosquitos ou tule).

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Viorela, obrigada pelo comentário. Não sabia que podiam recusar por razões de higiene, não faz muito sentido, afinal se houver problemas para o cliente é por culpa dele próprio e não do supermercado. Em relação à fruta também tenho essa ideia, vou ter que arranjar esses sacos pois ainda compro uma ou outra coisa em supermercados, já que a maior parte dos legumes e frutas compro directamente aos produtores.

      Eliminar
  5. Ola Ana, andava eu nas minhas pesquisas acerca de reduzir o lixo e encontrei isto:

    http://tantolixotantoluxo.blogspot.pt/2016/07/embalagens-uma-infinidade-de-recursos.html

    http://www.theuniplanet.com/search/label/Desperd%C3%ADcio

    http://www.theuniplanet.com/2016/04/como-2-familias-encheram-cada-uma.html

    http://www.theuniplanet.com/2016/01/kamikatsu-pequena-cidade-no-japao-perto.html


    http://www.theuniplanet.com/2016/05/desperdicio-zero-como-comecar-7-areas.html

    espero que te seja útil e que gostes.

    beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Cláudia, muito obrigada. Vou ler :)

      Eliminar
  6. Muito curiosa por ler as tuas descobertas/os teus progressos neste campo.
    Também estou a tentar aprender mais sobre zero waste, uma passinho minúsculo de cada vez.
    Bj.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada Mafalda. Vais me acompanhando por aqui e implementas aos poucos. Um passinho de cada vez é sempre mais fácil :)

      Eliminar
  7. http://www.umanosemlixo.com/

    Do Brasil.

    ResponderEliminar