A vida muda-nos e nós agradecemos-lhe por isso

06 julho 2016

Atenção que o post é bem pessoal e muito lamechas!!


Já fui muito depressiva, pessimista, só via o lado down da vida...

Acho que todos nó passamos por fases assim, sobretudo naquela fase da adolescência.

Se me dissessem na altura que hoje seria quem sou, eu não acreditaria.

Mas provavelmente também sou aquilo que sou hoje por tudo o que já passei. Acredito que tudo aquilo que nos acontece, acontece por uma razão, mesmo que na altura não consigamos compreender qual a razão.
Se soubesse o que sei hoje seria mais fácil ultrapassar certas situações quando elas aconteceram. Mas não posso voltar atrás. Apenas posso seguir em frente com aquilo que aprendi e que agora faz parte de mim.

Esta mensagem vai sobretudo para quem está a passar por situações menos boas e que de alguma forma não consegue compreender o motivo pelo qual está a passar por determinada situação.

Algumas vezes quis desistir de viver. Achava que a vida não podia ser assim, que não era justo e não acreditava que pudesse existir algo mais... E eu não queria viver assim! Achava que não fazia sentido.

Felizmente não desisti, tive o apoio dos meus amigos e da minha família e encontrei a luzinha ao fundo do túnel. A minha vida mudou e mudou-me, profundamente. Valeu a pena continuar e descobrir o que a vida tinha (e ainda terá) reservado para mim :)

Saber que posso fazer uma pequena diferença na vida dos outros, saber que algumas das ideias que partilho (por aqui e não só) poderão contribuir para mudar a vida dos outros para melhor, deixa-me tão mas tão feliz! 

Sei que muitas pessoas, sobretudo adolescentes/jovens, estarão a viver situações complicadas e como não têm a capacidade que um adulto tem de dar a volta por cima e de ver as situações com outros olhos, não acreditam que a vida vá mudar assim tanto...

É para eles que escrevo hoje, pois eu já estive nessa situação, num fosso tão fundo onde não conseguia ver mais nada...

Mas há muito mais para além desse fosso:
  • novas pessoas que aparecem nas nossas vidas e que as transformam completamente
  • novos hobbies e outras coisas que descobrimos que adoramos fazer
  • novas paixões
  • e acima de tudo novas razões para viver!
Por isso acreditem na luzinha, mais cedo ou mais tarde ela irá aparecer, seja qual for a situação complicada pela qual estarão a passar neste momento! 

Partilhem este post com quem estiver a precisar :)



créditos imagem | http://www.redbubble.com

12 comentários:

  1. Tudo acontece por uma razão e eu não voltava atrás para mudar nada. Acho que se muda-se alguma coisa, eu iria mudar, pois foi por as coisas terem sido como foram que hoje eu sou quem sou.
    Olhando para trás se me dissessem que hoje seria assim não iria acreditar mesmo Lol Na altura era tão materialista... tinha as minhas prioridades tão trocadas... Sei que ainda tenho um longo caminho de aprendizagem pela mas cada passo que dou sinto-me uma pessoa melhor e mais feliz :-) Realmente o pouco é mais :-) E viver devagar aproveita-se muito mais os momentos que realmente importam :-)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Sofia, é mesmo isso, concordo plenamente :)

      Eliminar
  2. Oh minha querida como é bom ler o que nos escreves. Identifiquei-me tanto a ler estas tuas palavras. Já passei por uma fase ( que durou tanto tempo) em que era uma pessoa triste, com pouca força , hoje sou completamente o oposto. E sou tão grata pelas más experiências que vivi. Com elas tive a oportunidade de aprender novas lições, de descobrir novos caminhos e de me tornar naquilo que sou hoje. Como dizes e bem, nada acontece ao acaso.
    Beijinho enorme e obrigada por estares aqui a inspirar quem te lê**

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Catarina, és uma pessoa tão alegre e tão simpática que nunca pensei que já tivesses sido o oposto. Realmente a vida muda-nos mesmo e para melhor :) ainda bem! e muito obrigada pelas tuas palavras. São mesmo importantes! Beijinho grande

      Eliminar
  3. Como compreendo o que dizes. Também já passei por alturas na minha vida em que ver uma luz ao fundo do túnel parecia uma tarefa impossível. Tive a sorte de ter sempre alguém a dar-me a mão e a acreditar em mim quando eu não acreditava.
    Eu acredito que o que se passa de menos bom connosco pode nos transformar em pessoas melhores, se assim o quisermos. Pode ser um trabalho imenso, mas sim, mesmo nos momentos piores temos/devemos acreditar que sim, há sempre uma luz ao fundo do túnel, amanhã será sempre melhor e depois da tempestade haverá sempre a bonança. Mesmo que não pareça.
    Fico contente que tenhas encontrado o teu caminho e de uma forma tão boa!
    Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá, ainda bem que compreendes :) Quando estamos a viver determinada situação parece quase impossível colocarmo-nos do lado de fora, mas vale a pena! Deve ser das poucas alturas em que vale a pena pensar no futuro e imaginar que esta situação gigante se tornará numa pequena pedrinha quando olharmos para o passado :)
      Beijinho

      Eliminar
  4. Nossa Ana! que mensagem maravilhosa e super bem vinda, estava mesmo precisando ler algo assim, a vida vale a pena sempre! Beijos do Brasil :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Carolina, obrigada! Um grande abraço para o Brasil :)

      Eliminar
  5. Que texto lindo!
    Compreendo perfeitamente o que disse. Já passei por isso e hoje compreendo que por tudo o que passamos nos ensina algo de muito valioso e nos molda, criando estrutura para superar novas situações complicadas.
    Beijo!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Jessica, obrigada. É isso, a vida molda-nos e prepara-nos para o que aí vem, na realidade as situações difíceis pelas quais passamos são mesmo necessárias. No meu caso se não tivesse passado por certas situações não conseguiria partilhar muito daquilo que partilho e também compreender certas situações que as pessoas estão a viver :)

      Eliminar
  6. Olá Ana, gostei tanto da sua partilha. Eu me identifiquei porque vivi uma fase em que a vida parecia cinzenta. E em algum momento, eu reconheci que a luz existe e eu comecei a caminhar em direção a ela. Muito obrigada e um grande abraço!

    ResponderEliminar