Workshop Destralhar & Organizar a Casa

05 maio 2016


No sábado, dia 30 de abril, participei no Workshop Destralhar & Organizar a Casa, com a Ligia Noia e a Rita Pinheiro (personal organizer).

O mote do workshop era Ligia Noia a Destralhar e Rita Pinheiro a Organizar! Junção perfeita :)


Claro que como adoro tudo o que é destralhar e organizar só poderia ter adorado!

O workshop começou com uma frase com a qual concordo plenamente: “Não é possível organizar tralhas”! Daí a importância de começar por destralhar e só depois organizar.

Foi-nos explicado o que é isto do destralhar, a diferença entre tralha física e mental, alguns dos benefícios da organização e os principais motivos pelos quais não conseguimos destralhar “Vou precisar um dia”, relação emocional que desenvolvemos com as coisas, herdamos de alguém, etc.

Ao longo do workshop fomos fazendo alguns exercícios bastante interessantes.

Começamos com um de visualização imaginando como seria a nossa vida daqui a 5 anos, onde nos foi pedido que registássemos uma imagem bem concreta.

Fomos também falando da organização mental que em muito afecta a organização física e vice-versa. 

A Ligia partilhou algumas histórias pessoais e gostei particularmente de ela ter partilhado que tinha colocado na parte de dentro da porta do seu armário da roupa algumas imagens importantes, como as fotos das filhas e também uma imagem de um sítio onde ela já tinha vivido que lhe relembrava que aquilo tinha sido um grande objectivo que ela já tinha conseguido atingir. Claro que pensei logo que tinha que aproveitar esta belíssima ideia :) já aqui tinha falado sobre colocarmos o nosso vision board no armário mas como não tenho impressora ainda não tinha impresso. No domingo escolhi algumas frases motivacionais e imprimi tudo. Depois partilho o resultado final.

Para além dos exercícios práticos, a Ligia e a Rita foram partilhando histórias de clientes, o que ajudou bastante a compreender algumas estratégias e nos deu imensas ideias, sobretudo para resolver alguns problemas de organização que vamos tendo e não sabemos como solucionar.

Falamos do kit destralhar que deve andar sempre connosco quando vamos destralhar e que é constituído por:
  • Material de limpeza
  • Sacos do lixo
  • Caixas ou sacos para a separação
  • Relógio ou cronómetro
  • Canetas / Etiquetas / Cartões para identificar
  • Bloco de notas
  • Checklist
  • Máquina fotográfica

Devemos sobretudo planear as sessões de destralhamento e fazê-las quando temos tempo. Se sabemos por exemplo que necessitamos de 4 horas para arrumar o nosso guarda-roupa não vamos fazê-lo em 2 horas, a não ser que consigamos dividir por partes sem causar grande desarrumação.

Fomos falando imenso da Marie Kondo pois quase todas as dicas dela são fantásticas. No entanto há algo que a Ligia faz de forma diferente e eu também: tudo aquilo de que nos livramos deve ter um destino bem pensado, ou reciclamos, ou damos a uma instituição, etc. por isso quando vamos destralhar também deveremos planear esta parte: saber de antemão a quem vamos dar e quando. Assim podemos levar logo tudo para o carro por exemplo e quando sairmos é só deixar nos respectivos sítios. Depois do destralhe maior podemos ter uma caixa ou saco na entrada para irmos deixando coisas para dar. Quando estiver cheio levamos.

Fizemos outro exercício super interessante: se a nossa casa estivesse a arder (a nossa família já estaria sã e salva) e tivéssemos 10 minutos para ir buscar algumas coisas o que iríamos buscar?

Cheguei à conclusão que não ia buscar nada! Mas quando me pus a pensar melhor neste assunto percebi que há coisas que posso melhorar: ter um backup de todas as fotos (e aqui estou a ponderar ter algo online, pois assim não dependo do disco externo) e ter um local mais acessível com todos os documentos importantes.

Ao longo do workshop, à medida que íamos fazendo os exercícios e vendo a apresentação, aproveitei para ir registando as áreas que sabia que precisavam urgentemente da minha intervenção (livros, papéis e a parte digital - que fica esquecida porque parece que não ocupa espaço!)

Já perto do final tivemos uma sessão mais prática com a Rita Pinheiro onde aprendemos como dobrar peças de roupa: lençóis de elástico, camisolas, calças, roupa interior. A Rita tem uma técnica parecida com a Marie Kondo mas ainda mais interessante. É chamada a técnica do envelope. Tens que participar num workshop para perceber como é! É fantástica e a roupa mantém-se direita na gaveta. O que nem sempre acontece com a técnica da Marie, pois tiramos uma peça e às vezes vem outra atrás.

No final recebemos um kit: um envelope transparente A4 organizador com as fichas de trabalho que fomos recebendo:
  • Checklist “Áreas da casa a destralhar e organizar” e prioridades; 
  • Documento de apoio “Destralhar e organizar” onde descrevemos o nosso objectivo, o que mais nos incomoda, material necessário, planeamento, lista de itens a comprar, etc.
  • Mapa destralhar e organizar - mapa actual (das várias áreas da casa), necessidades de espaço e objectivo final.


Saí do workshop cheia de ideias para implementar em casa e toda feliz da vida. Adoro quando os workshops têm este efeito em mim: motivam-me e a minha cabeça fica a fervilhar de ideias.

Portanto recomendo este workshop a toda a gente, a quem não é nada organizado e quer aprender um pouco mais e mesmo a quem já é organizado ou até minimalista, pois com as partilhas de histórias e de dúvidas sobre organização aprende-se imenso e retiram-se muitas ideias para aplicarmos na nossa vida.

Aquilo que implementei/estou a implementar depois do workshop:

- Criação de agenda da casa - a Ligia partilhou esta ideia e achei fantástica, pois lembrei-me que podia criar um calendário no Google só para a casa. No entanto, podem ter em papel como a Ligia. Esta agenda tem basicamente todas as tarefas da casa: tarefas diárias, semanais, mensais e anuais. Podem também incluir quem faz as tarefas, os menus, as listas de compras. Enfim, tudo aquilo que faça sentido para a vossa casa. No fundo, é o meu control journal mas no calendário.

- Graças à minha nova agenda, comecei esta semana a implementar tudo direitinho pois infelizmente nem sempre tenho conseguido fazer as limpezas da casa durante a semana. Deixo para o fim‑de‑semana por me sentir cansada durante a semana, mas a verdade é que ao fim‑de‑semana quero descansar!

- Organizar em cestos itens que utilizamos em conjunto - coloquei um cesto com todas as coisas do pequeno-almoço, assim quando vou preparar tudo à noite é muito mais fácil pegar em tudo de uma vez. Este exemplo do cesto pode ser utilizado em vários sítios: na casa-de-banho em que cada membro da família tem um cesto com as suas coisas, na despensa, no frigorífico...

- Estou finalmente a organizar a área digital que vou sempre negligenciando: dropbox, google drive, evernote, e-mail, coisas para ler (este projecto ainda está em curso pois é muito demorado)

- Fiz o backup das minhas fotos finalmente! Tirei todas as fotos que tinha no iphone e na dropbox e organizei-as nas pastas do computador. Depois fiz backup de todas as fotos para um disco externo (confesso que me assustei quando no workshop nos foi questionado se tínhamos tudo bem seguro, ou seja, todos os documentos importantes no mesmo sítio, backup das coisas mesmo importantes, etc)

- Organizei todos os papéis no geral e agora tenho uma capa só com os documentos importantes (documentação casa, contratos de trabalho, certificados de cursos) - deitei imenso papel fora! Livrei-me de material de cursos que já fiz mas que não vou voltar a ler! (se precisar de algo há tanta informação na net!)

- Percebi durante o workshop que apesar de já ter destralhado muito ainda estou presa ao passado em relação a várias coisas e isso não faz sentido nenhum, sobretudo para mim, que tenho consciência de que o momento presente é o mais importante e que faço um esforço por praticar o mindfullness e estar sempre presente. Portanto desapeguei-me de mais roupa e sapatos (que partilharei em breve).

- Ainda me falta organizar uma área importante: a minha estante! Tenho imensos livros para dar, pois não faz sentido manter aquilo que não li nem vou ler. Portanto, aplicando os conceitos do workshop estou a planear a melhor altura para destralhar e organizar a estante e decidir onde vou deixar os livros.

Se querem um empurrão para destralhar e organizar a vossa casa participem num workshop da Ligia.

Contactos da Ligia e da Rita:

Ligia:

Rita Pinheiro

Só tenho a agradecer à Ligia e à Rita pelo workshop fantástico e pela Ligia ter sugerido o meu blog às restantes participantes deste workshop.

Aprendi imenso e adorei esta tarde de muita organização e de partilha de histórias e de ideias.

9 comentários:

  1. Ola Ana, gosto muito do teu blogue, das tuas dicas e ideias. Também fazes inventários, da despensa, do congelador, etc.? Eu faço e dá imenso jeito, mas tenho sempre um senão, se imprimo depois para alterar, tenho que andar de corretor para corrigir, e para não desperdiçar papel deixei de imprimir mas tenho no PC, mas não é pratico. Como te organizas neste campo? Muito obrigada e continua. Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Cláudia, muito obrigada. Por acaso não faço inventários, acho sempre que dão muito trabalho e como eu tenho poucas coisas não vejo essa necessidade. Simplesmente vejo o que tenho e vou planeando o que é preciso comprar. Mas também tenho que me organizar melhor nesta área. Tenho muita dificuldade em planear os menus e ajustar isso com as compras. Quando tiver sugestões partilho-as aqui, até lá ando a experimentar várias estratégias.
      Beijinho

      Eliminar
    2. Ola novamente, eu ao inicio também me custou a habituar aos menus, mas agora se não o fizer, sinto que não sei o que hei-de cozinhar. E para além disso, todas as refeições são feitas em casa, almoço e jantar, e como tal preciso mesmo de muita organização. E tendo duas crianças em casa, há que ter tudo muito bem planeado. Daí a vantagem de ter inventários, porque há sempre imensa coisa na despensa, felizmente. Fico a aguardar as tuas sugestões. Beijinhos e bom fim de semana

      Eliminar
  2. Olá Ana!
    Gosto sempre dos teus posts e este adorei mesmo. Senti-me tao identificada quando referiste que temos uma ligação emocional às coisas.. estou a bloquear nisto na minha vida. Por ex. em relação ao guarda-roupa ja destralhei alguma mas ha muita que nao consigo desfazer-me (coloquei num armario que nao uso muito e em gavetas). Penso para mim "um dia vou precisar..a moda é ciclica, um dia vai voltar". Mas depois fico incomodada por ver ali roupa com o qual ja nao me identifico mesmo nada!... alguma sugestão?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Sofia, posso parecer tolinha mas experimentar falar com as tuas coisas. Pergunta-lhes porque estão ali, se não será porque de alguma forma te estás a prender ao passado e tenta perceber o motivo. Depois de perceberes agradece às coisas pelo papel que tiveram na tua vida. Coloca tudo num saco e dá a quem realmente necessita e vai usar. Há tanta gente a precisar! E é isso que me reconforta 😊 Depois de dar sinto-me tão bem! Nunca mais sinto a falta de nada. Nem me arrependo nem me lembro mais das coisas que dei. Só penso nas coisas que gosto mesmo de usar. Espero ter ajudado! Ainda hoje fiz isso e consegui dar 2 pares de Melissas o que para mim sempre foi impossível 😉

      Eliminar
    2. Ana,
      Vou experimentar falar com as minhas coisas a ver o que elas me dizem. Ás vezes métodos menos ortodoxos produzem os melhores resultados :) Depois reporto!! Beijinhos

      Eliminar
  3. Mais um post maravilhoso!! Cada vez gosto mais de te ler!!
    Beijinhooooo*

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada Catarina :) Fico muito feliz!
      Beijinho

      Eliminar