Gengibre: anti-inflamatório natural

12 janeiro 2016


Evito tomar medicamentos de qualquer espécie (e até a pílula que já tomava há muitos anos consegui finalmente deixar de tomar há alguns meses), no entanto, às vezes tem mesmo que ser.

No final do ano passado magoei-me num pé. Estava a correr na brincadeira com o meu cão e senti uma dor muito forte ao pousar o pé no chão, sei que isso aconteceu por ter começado a correr depressa e não ter feito qualquer aquecimento, mas como já me tinha acontecido algumas vezes e nunca foi nada ignorei. Desta vez foi a sério e fiquei com o tendão inflamado e com dores no pé desde o meio até ao hálux e a dor é muito incomodativa, custa-me mesmo andar e estar em pé. 

Resolvi ir ao médico e confirmei que o tendão estava mesmo inflamado. Fui recomendada a tomar anti-inflamatório e a andar o menos possível. Pelo menos yoga posso continuar a praticar :) (mas claro que com cuidado, tudo o que envolva maior esforço dos pés não faço).

Para além do anti-inflamatório que estou a tomar (tem mesmo que ser) e de tentar descansar, tenho feito 1,5 litro de chá de gengibre todos os dias.

O gengibre é um poderoso anti-inflamatório, que diminui a dor e a inflamação.

Aqueço a água no fogão e quando estiver quase a ferver adiciono cerca de 5/6cm de gengibre ralado (também é possível usar às rodelas, mas no ralado conseguimos aproveitar mais sumo). Coloco em lume médio/baixo e deixo assim durante 10 minutos. Depois é só coar e servir. Também é possível adicionar sumo de limão no final.

Tenho usado a minha garrafa térmica e como encho uma caneca bem grande de cada vez (logo abro poucas vezes a garrafa), o chá mantém-se quente até à noite.

E para gripes e constipações recomendo este chá super poderoso (que também tem gengibre). Aproveitei para actualizar essa receita com algumas dicas que tenho usado entretanto.

E tu costumas usar algum "medicamento" natural?

A descansar o pé com a melhor companhia do mundo :)

créditos 1ª imagem | https://unsplash.com

6 comentários:

  1. Gengibre faz sempre parte da minha farmácia natural aqui de casa! Outro anti-inflamatório que uso bastante é a curcuma, também conhecida por açafrão. Sem falar nos seus tantos benefícios para a nossa saúde.
    Essa fotografia está linda, um cenário perfeito para um dia de chuva e de frio.
    Beijinhos**

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada Catarina :)
      Costumas comprar a raiz de curcuma ou em pó?
      Beijinhos

      Eliminar
    2. Costumo comprar em pó, e compro ao peso numa loja de Indianos.
      No curso que estou a tirar foi-me oferecido um pacotinho em pó e em raiz também! Cá em casa utilizo muito na cozinha, dá uma cor fantástica, um bom sabor e como já referi os benefícios para a saúde são imensos.
      Beijinhos*

      Eliminar
  2. estava mesmo a precisar de um post assim. ando a tentar evitar os medicamentos e a procurar soluções mais naturais, principalmente para as constipações que é uma coisa muito frequente no meu organismo.
    obrigado pela informação e pelas dicas :)

    ResponderEliminar
  3. Também consegui deixar a pilula, já faz um ano, mas ainda não consegui largar o analgésico para as dores menstruais, é também das únicas coisas que tomo. Chá de gengibre também é o meu anti-inflamatório natural de escolha, uso para dores de garganta, constipações e afins, mas junto uma casca de limão e por vezes um pauzinho de canela para melhor o sabor. Agora comprei raíz de curcuma e vou começar a juntar também :)

    Beijinho e as melhoras!!

    ResponderEliminar
  4. Adoro gengibre, vou deixar aqui um chá muito bom que tomo sempre...

    Chá de gengibre:

    4 copos de água
    um pedaço de 5 cm de gengibre
    suco (sumo) de limão ou laranja (a gosto)
    mel
    descasque o gengibre e corte-o em fatias finas
    ferva a água em fogo alto
    assim que ferver adicione as fatias de gengibre e reduza o fogo para o mínimo
    cubra o recipiente para que os vapores não saiam

    ferver por 15 minutos e retirar to fogo.

    O chá está pronto. Basta coar e adicionar o mel com o sumo (suco) de limão ou de laranja. Bebe-lo durante o dia, todos os dias.

    Nunca podemos esquecer que num tratamento Naturista, os resultados não são visíveis logo que se começa o tratamento. É preciso ter persistência e não desistir logo ao fim de dois ou três dias de experiência. Há que continuar e ao fim de duas semanas já é possível ver algum resultado.

    ResponderEliminar