Rir faz bem à alma

22 julho 2015


Escrevi este texto para a revista Sorria.com.br mas penso que nunca chegou a ser publicado. Assim partilho-o hoje contigo, só porque sim, e porque me apetece rir :)

Gosto de rir até me doerem as bochechas.
Gosto mesmo de rir! 

Gosto de me rir de situações inesperadas, de situações do dia-a-dia, de coisas comuns.
Desde pequena que gosto de rir e fazer rir. 

Lembro-me de fazer piadas na escola primária e lembro-me de ser chamada à atenção pela professora. 

E hoje rio quando me lembro disso. 

Sei que já tornei os dias mais felizes a algumas pessoas e isso deixa-me muito feliz. 

Rir é uma das pequenas grandes coisas que nos torna mais felizes! 

Rir faz bem à alma e é de graça!



Conciliar o blog com a vida profissional

16 julho 2015


Confesso que quando comecei o blog era mais fácil. O meu trabalho não era tão exigente e por isso sentia-me menos cansada. Escrevia os posts à hora do almoço e ao final do dia. 

Talvez por estar no início do blog também tinha mais motivação e estava a começar com a força toda. Infelizmente desde há muito tempo para cá que não tenho conseguido dedicar-me praticamente nada ao blog. Até tenho imensas coisas para partilhar, pois acho que tenho mudado bastantes coisas na minha vida e de certa forma, todas elas estão relacionadas com uma vida mais simples e mais calma. Mas parece que além de me sentir cansada, deixei de ter a disposição que tinha para partilhar e não consigo perceber bem porquê...

Não vou acabar com o blog, porque acho que não conseguiria fazê-lo, é o meu espaço e gosto de ter a liberdade de poder passar por cá e publicar algo quando me apetecer.

Acho que apesar de gostar de regras e rotinas, agora ando mais numa de não as seguir e de me sentir mais livre. Planeio mil vezes menos e sinto-me mais feliz assim! É bom planear, mas planear demais só nos faz mal!

Nesse sentido, também não quero que o blog seja uma obrigação e por isso acho que só devo publicar algo, quando sentir verdadeiramente que o devo fazer.

Viver de modo go slowly também é seguir ao sabor do vento e fazer aquilo que nos apetece e nos parece melhor no momento presente. Deixei de pensar tanto no futuro, tento concentrar-me sobretudo no presente e se há ano em que tenho ouvido o meu corpo e a minha mente é este ano! Não quero saber o que os outros pensam, tenho seguido e feito aquilo que é importante para mim e não há nada que me faça mais feliz :)

Deveria ter escrito o post e só depois o título, pois acabei por não escrever nada sobre o assunto que me trouxe aqui. Sinceramente não faço ideia sobre como conciliar o blog e e a vida profissional!

É possível? Como é que tu o fazes?

Dicas precisam-se! Please!

Como criar um capsule wardrobe

14 julho 2015




Fascina-me a ideia de um capsule wardrobe, apenas com as peças essenciais e onde tudo combina com tudo!

Já fiz o projecto 333 (mas na altura limitava-me apenas a usar aquele n.º específico de peças, sem tentar definir um estilo ou preocupar-me muito com isso, acho que ainda não me tinha identificado com um estilo propriamente dito...). Apesar de agora não o fazer deliberadamente, tive curiosidade em contar as peças que uso habitualmente. Incluí toda a roupa de trabalho, calçado, acessórios e malas/carteiras (não contei com roupa de férias e fins-de-semana).

Cá fica a contagem:

  • Verão - 29
  • Primavera - 36
  • Outono - 30
  • Inverno - 27
O grande problema é mesmo a roupa de férias/fins-de-semana, pois tenho muitas coisas que não se adequam minimamente ao trabalho e sinto que tenho 2 tipos de guarda-roupa, sobretudo no verão. Confesso que isso me faz alguma confusão, gostava que não houvesse essa divisão, mas como não é possível há que adaptar. 

Por isso na construção do meu capsule wardrobe tenho que ter em conta estes 2 tipos de roupa: para o trabalho e para férias/fins-de-semana.

Esta divisão ainda não está proporcional (tenho mais roupa de férias/fins-de-semana), pois se contabilizarmos os dias de fim-de-semana e férias do ano, o número é muito inferior aos dias de trabalho! Portanto pela lógica, necessitava de mais peças de roupa para o trabalho do que para férias. Ainda há que equilibrar este número mas lá chegarei! Acho que em relação ao trabalho já tenho o número ideal, por isso só tenho que reduzir a roupa de férias.

Pelo menos consegui finalmente dividir o armário em 2 (2 portas para cada tipo): metade do armário tem roupa de trabalho e a outra metade roupa de férias/fins-de-semana. Assim é muito mais fácil na hora de vestir.

Livrei-me de muita roupa e coloquei muita em stand-by (é incrível como apesar de já me ter livrado de tanta coisa, há sempre tanta coisa a mais, é importante relembrar isto na altura em que queremos comprar mais coisas...).

Fiz um ficheiro excel com todas as peças de roupa (eu e o excel, amigos inseparáveis!). Apesar de ter perdido algum tempo, é muito mais fácil perceber rapidamente aquilo que tenho, aquilo que preciso e aquilo que uso pouco/não vou necessitar de substituir quando se estragar.

É mesmo a visão geral que preciso e eu organizo-me bem assim!

Para além de uma lista com as peças, acrescentei um separador com algumas perguntas que fui encontrado em blogs (links baixo) que me ajudaram a definir as cores principais/secundárias, estilo, peças básicas... Isso ajudou-me imenso a arrumar as ideias!

Cores
Principais - preto e branco 
Secundárias - cinzento, vermelho, kaki 

Estilo
Prático, confortável, intemporal, algumas peças mais formais, french wardrobe

Peças básicas (para todas as estações)
Blusa branca
Blusa preta
Blusa com mini estampado (bolinhas, animais, peças geométricas)
Camisa de ganga
T-shirt/top preto
T-shirt/top branco
Camisola fina com botões/fecho nas costas
Camisola de malha fina
Camisola de malha grossa
Camisola de algodão às riscas
Casaco preto de malha

Calças pretas ganga/sarja
Calças pretas formais
Skinny jeans ganga escura
Calças brancas skinny
Calções ganga
Calções brancos
Vestido formal
Vestido informal
Vestido festa
Saia preta informal
Saia cinza informal

Blusão de couro (imitação sempre!)
Casaco de ganga
Blazer
Trench coat preto
Casaco de inverno
Kispo/parka 

Botins pretos
Sabrinas pretas
Sapatos altos pretos
Botas hunter pretas
Sandálias pretas
Sapatilhas/Ténis
Chinelos 

Clutch 
Carteira preta inverno
Carteira preta verão 
Carteira preta tira-colo (fins-de-semana)
Écharpe preta
Gola de inverno branca
Gola de inverno preta
Luvas pretas

Estilo vida
5 dias por semana - trabalho (roupa mais formal)
3/4 dias por semana - yoga/corrida/caminhada
Fins-de-semana/férias - roupa mais informal
Festa - apenas algumas peças 

Acessórios 
Alguns anéis/2 fios minimalistas (dourado/prateado)

Dicas
Peças fáceis de lavar
Peças que não necessitam de ser passadas a ferro ou que pelo menos sejam simples de passar
Peças que combinam com todas as outras peças
Peças versáteis (por exemplo, vestido que funcione como saia quando vestimos uma camisola por cima, kispo de inverno em que é possível retirar o interior e se transforma em parka fino...)

Terminei com a lista de compras que dividi entre itens a substituir e peças novas. Na hora de ir às compras é muito mais fácil. Como são peças básicas/intemporais posso comprar nos saldos/outlets, não estando minimamente preocupada se ainda se usa aquele tipo de peças ou não.

Já não estou muito longe do wardrobe que quero! Já tenho maioritariamente peças pretas e brancas. Também tenho peças mais do que suficientes. Só basta não comprar mais nada e deixar de substituir certas peças quando elas se forem estragando.


Além do excel, precisei da ajuda do pinterest, como não poderia deixar de ser!

Dividi a inspiração em 2 boards (sempre com looks trabalho/fim‑de‑semana): 












Sempre gostei de moda mas sempre me fez muita confusão todo o consumismo à volta da mesma, por isso um capsule wardrobe é a solução perfeita! :)


A ideia base está criada, por isso só tenho que ir adaptando às várias estações!


Partilho aqui alguns links muito úteis:



Todas as imagens são do pinterest.