Receitas minimalistas #2

26 outubro 2015



As receitas minimalistas estão de volta! 

Preciso urgentemente de encontrar inspiração para fazer novas coisas na cozinha. 
Mesmo para quem gosta de cozinhar, não costumas ter fases em que não tens vontadinha nenhuma de cozinhar e acabas por fazer sempre as mesmas coisas só porque tens mesmo que comer? 
E como combater esta falta de inspiração? Revendo receitas antigas e escolhendo as preferidas e mais simples e procurando receitas novas. As receitas mais complicadas ou demoradas são reservadas para o fim-de-semana. Durante a semana tenho mesmo que fazer coisas rápidas e simples. Isso vale também para o pequeno-almoço pois ando a tentar reduzir o consumo de pão.


Estas papas de aveia são deliciosas e super leves. Normalmente sentia-me sempre um pouco pesada depois de comer papas de aveia e depois de comer estas senti-me super bem. Não levam muita aveia e a maçã ralada dá-lhe o toque que faltava!


Nunca cozinhei muito tempeh porque o marido não gosta, mas resolvi experimentar uma nova receita e dar mais uma oportunidade. Resolvi experimentar a receita da MárciaTempeh picante com molho de gengibre e lima.

Adorei a receita e passou a ser das minhas preferidas. Só não consegui conquistar o marido ehehe mas não faz mal. Posso fazer o tempeh para os almoços durante a semana ou então num dia em que haja sobras. Apesar de sermos ambos vegetarianos, não gostamos das mesmas coisas e como o marido não lê este blog, posso revelar que ele é 1000 vezes mais esquisito do que eu :) por isso há que adaptar as receitas e disfarçar o sabor das coisas que menos se gosta. Quando alguém da família não gosta, não usamos esse ingrediente ou adaptamos, por exemplo tenho tempeh de sobra e também tofu fumado, por isso já adivinhas quem vai vai comer o quê :)


Batata doce crocante -  desta vez fiz só com batata doce pois não tinha abóbora, em vez de adicionar pão e queijo, adicionei este "parmesão" vegano. Fica uma delícia!


Ando numa tentativa de reduzir o tempo que passo a cozinhar durante a semana. Por isso resolvi cozinhar arroz integral a mais (adicionei-lhe alga kombu na cozedura) e congelar nas respectivas travessas. Depois vou aquecer em banho-maria ou no forno. Vamos ver como corre!



Confesso que adorava conseguir manter o hábito de criar menus semanais mas nunca consigo fazê-lo mais do que 2 ou 3 semanas seguidas! Por acaso acho que nunca vi ementa semanal em blogs vegetarianos... Aceitam-se sugestões e dicas :)


Boa semana!


5 comentários:

  1. Cá em casa não somos vegetarianos, mas também gostamos muito de legumes. Por exemplo, um caçarola de legumes gratinados no forno, é muito boa e se for com bastante variedade de legumes, nem precisa de mais nada para acompanhar!
    :)
    Deixo aqui 3 links que podem dar jeito:

    http://www.receitasvegetarianas.net/1280-cacarola-legumes-inverno/

    http://elvirabistrot.blogspot.pt/2011/08/cacarola-de-vegetais-gratinados.html

    https://luciliadiniz.com/cacarola-de-legumes/

    ResponderEliminar
  2. Irei sem dúvida experimentar a batata doce :)

    ResponderEliminar
  3. Olá Ana!!

    Assim como tu aqui em casa também preparamos muitas refeições ao domingo para nos facilitar a vida durante a semana.
    Gostava de saber o que achaste do arroz integral depois de o teres congelado. Se não te importares de partilhar a tua opinião, claro.
    Beijinho e bom domingo!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Catarina, acho que desta vez o deixei cozer demais antes de congelar e foi por isso que não ficou tão bom. Como ando sempre a comprar marcas diferentes para experimentar, nunca sei o tempo exacto de cozedura! Mas tirando isso, ficou bom e igual ao que é comido quando acabamos de fazer, ou seja, não achei que o congelamento tivesse alterado alguma coisa. Vou continuar a fazer assim e vamos ver como correm as novas experiências :)
      Beijinhos

      Eliminar
    2. Olá Ana!!
      Muito obrigada por me responderes.
      Aqui em casa somos adeptos de uma alimentação saudável, e claro está que o arroz integral faz parte da nossa alimentação. Mas nunca tinha pensado em congelá-lo, mas quando li este post fiquei logo com ideia de experimentar. Como este arroz tem de ser demolhado antes de cozinhado, não era nada prático para os dias em que chegamos mais tarde.
      Como ontem foi dia de fazer refeições para a semana, fiz em quantidade maior com intenção de o congelar.. E como estava deserta para ver como ficava, hoje ao jantar experimentei descongelar e pôr no forno, e voilá ficou perfeito. Como se tivesse sido acabado de fazer.
      Muito obrigada por teres partilhado esta dica.
      Beijinho grande e boa semana.

      Eliminar