Sermos fies a nós próprios... e tatuagens!

25 fevereiro 2015


Fazer aquilo que realmente gostamos sem ligar à opinião dos outros... será possível?

Sempre gostei de tatuagens e já queria fazer uma desde os meus 16 anos.

Na altura era muito nova, nem sabia bem o que gostaria de fazer e como sempre fui muito responsável, achava que mais valia não fazer nada enquanto não tivesse mesmo mesmo a certeza do que queria fazer. O tempo foi passando e sempre fui ouvindo comentários sobre o trabalho, e que não seríamos bem aceites se tivéssemos tatuagens, bla, bla. Raramente me deixo influenciar pela opinião dos outros, mas neste assunto não sei porquê tinha medo de seguir em frente e de fazer aquilo que realmente sempre quis!
Há já alguns anos que sei o que gostaria de fazer para a minha primeira tatuagem, mas como era relativamente grande e no braço achava que isso seria um problema e que só quando tivesse outro tipo de trabalho é que poderia fazê-la... Procurei alternativas, outros desenhos, outros locais do meu corpo onde achasse que gostaria de fazer, mas nada. Não havia nada que me fizesse mudar de ideias!

Depois de muito pensar no assunto, decidi que este é o ano! Vou seguir aquilo que quero fazer e pronto, não quero saber da opinião dos outros e vou fazer aquilo que me faz feliz e que tem a ver comigo! 
Entretanto com tanta pesquisa de ideias e de estúdios, acabei por ter mais ideias e por isso, não irei fazer uma, mas duas tatuagens! Já está tudo marcado e mal posso esperar!
A primeira será aquela que sempre quis fazer e a segunda está relacionada com o meu quatro patas!


Este exemplo não serve obviamente só para falar de tatuagens... Aplica-se a tantas outras coisas que queremos fazer na vida e que não fazemos porque... achamos que não devemos, porque não é suposto ou porque simplesmente temos medo!

E que tal um bocadinho mais de coragem?


8 comentários:

  1. Bom dia Ana!!

    Olha na minha opinião fazes muito bem. Eu adoro tatuagens, e já tenho quatro. Na verdade são viciantes e tu vais perceber isso após fazeres as tuas.
    Se te apetece fazer, se é uma ideia que tens há imenso tempo, significa que está mais que pensado e resolvido na tua cabeça. E quanto aos outros, eles que vivam a vida deles que nós vivemos a nossa.
    Depois tens de nos mostrar.
    Beijinho grande

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Catarina, obrigada :) É muito bom "ouvir" isso.
      Beijinho

      Eliminar
  2. Acho muito bem! Eu tenho 2 tatuagens e vou fazer a 3ª ainda este ano. Tenho um pouco de receio desses julgamentos de quem não gosta ou acha pouco apropriado para o trabalho (não medo do julgamento, mas de não conseguir manter certos trabalhos por isso, por exemplo) e por esse motivo tenho as tatuagens todas mais ou menos escondidas. A 3ª vou arriscar e ficará bem mais visível. :) Beijinho

    ResponderEliminar
  3. Ola Ana, Eu passei por uma aventura semelhante. Levei algum tempo ate decidir ( e deixar de ouvir as opinioes). A minha tatuagem faz parte de "mim" e recorda-me quem sou. Conselho, leva alguem contigo para te tirar umas fotos. Vais adorar recordar o processo mais tarde!

    ResponderEliminar
  4. Olá Ana! Eu não tenho nenhuma tatuagem...mas há muito tempo que penso em fazer e até sei qual o desenho. Esse desenho já foi pensado e repensado e é de certeza esse! Mas o meu problema não é os problemas impostos pela sociedade que vivemos, mas sim o medo que tenho a agulhas :(
    Tenho mesmo que ganhar coragem! Aqui o namorido vai fazer a segunda este ano e acho que vou aproveitar e fazer também. Vamos ver se é desta!
    Acho que fazes muito bem seguir o aquilo que tu queres, não só com a tatuagem, mas em tudo na tua vida. Ultimamente tenho tido o problema em querer uma coisa que os outros não querem (deixar de comer carne) mas vou seguir com o que quero, a pouco e pouco, mas vou :)
    Beijinho enorme

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Raquel, não sei se o desenho que pensaste é grande ou não, mas podes sempre experimentar algo pequenino para começar. Depois eu conto se doeu muito ou não :)
      Beijinho

      Eliminar
  5. Eu também esperei muitos anos para poder fazer a minha tatuagem.. Em 2013 pensei, Vou fazer!! E pedi à minha irmã para ma desenhar.. fiquei à espera que a miúda nunca mais fazia! Então em 2014 pensei. Deste ano não passa! Vou fazer em Outubro!
    Entretanto em Outubro a Animal fez uma campanha a meias com a Bang Bang Tatttoo em Sintra em que os lucros revertiam a favor da associação de modos que não passou mais! Telefonei e depois de me garantirem que a tinta era vegana, marquei a sessão! :D
    Fiz uma ligeiramente pequena no pé! Mesmo sabendo que na familia (onde apenas o meu cunhado e a minha irma têm tatuagens) iam torcer o nariz! eheheh!
    Doeu um bocadito, cicatrizei com oleo de coco e agora tenho de ganhar coragem para a ir retocar!

    Temos mesmo de ser o que somos e fazer o que queremos!!! :D

    Beijinhos

    Aislin (Conteudo Vazio)
    Estou a tentar comentar como wordpress mas a página não me está a deixar... se vires uns quinhentos comentários na tua caixa postal... bom.. é a minha azelhice a dar à costa! :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada Aislin! Também já me certifiquei que os produtos são veganos. Tinha pensado em usar óleo de côco na cicatrização mas na altura logo vejo como reage a minha pele, que é super sensível. Até é disso que tenho mais medo, de fazer alguma reacção estranha!
      Beijinho

      Eliminar