O minimalismo e os amigos de 4 patas

03 setembro 2014


Ter um animal doméstico será uma atitude minimalista?

Depois de eliminar aquilo que não interessa, o minimalismo permite-nos focar naquilo que é mais importante para nós e ter um amigo de 4 patas ou até mais do que um sempre foi importante para mim. Sempre vivi com animais desde miúda e desde que tenho a minha própria casa que achava que o cenário não estava completo sem um amiguinho.

Depois de terem sido consideradas todas as hipóteses e mais algumas (pássaros, coelhos, chinchilas, porcos-da-índia, gatos e cães) escolhemos um amigo canino. O cão permite-nos explorar a natureza, andar ao ar livre e pode passear connosco para quase todo o lado, para além de todas as outras coisas boas que qualquer animal nos dá.

Tenho cerca de um mês para preparar a sua chegada e como em tudo o resto, gosto de planear e de comprar apenas o estritamente necessário, por isso tenho lido muito sobre o assunto. Antes de decidir seja o que for é preciso ler e procurar, sobretudo para quem que como eu, nunca teve um cão. Já há muito que queria ter um cão e por isso interesso-me pelo assunto há muito tempo, mas quando sabemos que vamos mesmo ter é sempre diferente. Será que seremos capazes de dar conta do recado? Será que o novo membro da família será feliz? Claro que penso nisso montes de vezes, claro que sinto alguma ansiedade e algum receio de que as coisas possam não correr bem, mas acho que faz parte! 


Receios à parte, vamos à lista daquilo que é importante.
Para já os imprescindíveis:
  • 2 gamelas (água e comida)
  • Cama (o mais simples possível, pois deverá ser facilmente lavável, sem se estragar, e resistente a eventuais mordidelas). Uma de plástico parece-me o ideal
  • Uma mantinha/colchão/toalha para a cama (convém outro/outra para substituir quando for para lavar). Uma simples toalha serve mesmo e os cães adoram!
  • Jornais/tapetes para educação para fazer as necessidades (no caso de usarem os tapetes convém usar um suporte para os mesmos)
  • Pente/escova para o pêlo
  • Toalhitas para desinfectar/limpar o que for preciso
  • Trela para se ir habituando antes de poder sair
  • Alguns brinquedos (é importante colocar brinquedos diferentes em diferentes alturas do dia. Por exemplo quando saímos de casa podemos deixar os brinquedos que eles mais gostam! Assim garantimos que estão entretidos durante mais tempo)
  • Ração/biscoitos para recompensa
  • Soro fisiológico - para limpar os olhos

Itens não obrigatórios/que se podem comprar mais tarde:
  • Peluche+almofadacalefactora (aquece-se no microondas, coloca-se dentro do peluche e mantém-se quente por muitas horas) - é muito útil nas primeiras noites e no inverno
  • Gel para lavar os dentes (com o gel não é preciso escova, aplica-se com o próprio dedo)
  • Clicker (para treino)
  • Champô (só se pode dar banho a partir dos 4 meses)
  • Produto para limpar as orelhas (muito importante para cães com orelhas compridas)
  • Cinto de segurança para o carro 
E depois disciplina, regras e muito carinho :)

E desse lado, o que me recomendam?


Update: entretanto editei o post com a ajuda dos vossos comentários e após o meu pequenito ter chegado a casa.

10 comentários:

  1. Olá Ana! Como já tinha dito também temos um cão...a nossa cadela é uma labrador. Aqui temos quase tudo o que está na tua lista, mas com algumas diferenças. Não tenho cama é só uma manta no chão, porque ela prefere mesmo dormir no chão. Não uso toalhitas desinfectantes, acho um desperdício, usa antes toalhitas de pano reutilizáveis (como há para os bebés) e compra o desinfectante no veterinário.
    Mas o mais importante é mesmo o amor e o carinho que temos para lhe dar...e claro disciplina. É importante dedicar o nosso tempo a educar, principalmente no início.
    Boa sorte com o novo amigo :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Raquel, obrigada! Sabes onde há à venda toalhitas reutilizáveis em Portugal? Obrigada

      Eliminar
  2. Olá,
    Boa decisão! Nós também ponderámos muito antes de adoptar o Buzz como podes ver em alguns posts com a label Buzz no meu blog.
    Acrescentaria à lista: sacos para os cocós( compro no chinês), biscoitos/guloseimas para recompensa, coleira, chapinha de identificação (fizemos online num site de apoio aos animais e veio logo para casa, impec, posso procurar o site se quiseres), toalhas pequenas para limpar as patas a entrar em casa, toalhas maiores para quando apanha chuva. E vale a pena teres várias mantas para ir trocando a cama. Eu costumo juntar e lavar tudo junto quando já tenho mais quantidade.

    Boa sorte!

    Filipa
    Www.welc-home.blogspot.com

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Filipa, obrigada pelas dicas! Toalhas maiores já tenho, são umas mais velhas que guardei, por isso esqueci-me de referir :) Para desinfectar as patas pensei nas toalhitas mas vou ver se arranjo uma alternativa mais ecológica. Não me lembrei de arranjar outras mantas! Pelo menos mais uma convém ter! Obrigada. Vou passar pelo teu blog.
      Beijinhos

      Eliminar
  3. Olá, Ana.
    Sou uma seguidora silenciosa do teu blogue, deixo hoje o meu primeiro comentário.
    Vou dar o meu contributo com base do enxoval do meu cão - um schanuzer miniatura. Também foi uma decisão muito ponderada e estamos muito contentes.

    Nós fomos poupados. O maior investimento foi numa transportadora.
    De resto as gamelas compramos duas baratas no continente, compramos uma fronha e uma almofada.
    De brinquedos, eu fiz dois para o nosso cão com tecido. Uma trança e uns nós, ele adora. Compramos ainda uma bola do ikea para crianças - as costuras são resistentes - uma bola de ténis e um osso de borracha. Mas o que ele gosta mesmo é de ir buscar as nossas meias.

    Não sei se o teu cão será grande ou pequeno, mas se for pequeno, podes sempre comprar os sacos para sandes do pingo doce. Sai mais barato e é menos desperdício de plástico, porque os sacos têm o tamanho certo que os de rolo.

    Para os passeios dá jeito ter uma garrafa de água com bebedouro incorporado.
    Um cinto de segurança para o carro e um corpete para prender o cinto (por lei os cães não podem andar à solta pelo carro, embora acho que quase ninguém cumpre isso).

    A chapinha é imprescindível, e nós temos duas trelas, uma normal e uma extensível. Coleiras há uma marca que tem um fecho bastante seguro, chama-se Hunter.

    Uma capa para a chuva dá jeito (ele não gosta muito, mas ao menos não chega a casa todo molhado no inverno. Podes fazer tu uma, há tutoriais pela internet fora).

    Sobre disciplina, nos adoptamos o sistema do reforço positivo e para os primeiros truques usamos o clicker. Como treats damos uns da Eukanuba.

    De resto é preciso conhecer os gostos e temperamento do cão e ir por aí.

    Boa sorte :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada pelo teu comentário, adorei! E já fiquei com montes de ideias ehehe
      O cãozinho será de tamanho pequeno/médio e tenho vários sacos para sandes em casa há anos porque de facto uso muito pouco. Excelente dica!
      O cinto de segurança já tinha pensado em comprar, mas talvez não compre já.
      O clicker também vou comprar. Já tinha lido sobre o assunto e vale a pena. Ainda por cima é super barato.
      Quanto à trela também comprarei da hunter pois acho que essa marca tem muita qualidade. Mas tinha pensado em comprar trela+coleira, tudo junto. Prefiro 2 em 1. Mas veremos na prática se realmente resulta.
      Obrigada e beijinho

      Eliminar
  4. Oi Ana! Parabéns pelo novo amigo ;) Há quem diga que ter animais e crianças não é uma atitude minimalista, mas eu também não abro mão.
    A cama de plástico é mesmo muito prática. A do Joaquim compramos quando ele ainda era filhote e está como nova, ele já tem 6 anos. O que fazemos é trocar o colchão que vai dentro. Ano passado fiz um colchãozinho com uma capa de zíper, assim só lavo e troco a capa se for necessário.
    A dica de ter mais de uma manta também é muito boa. Assim sempre tem uma manta limpinha.
    Como o Joaquim está sempre conosco, em todos os cantos da casa, eu também fiz uma outra caminha para ele, que carregamos pela casa https://www.flickr.com/photos/patchetudo/6198937873/
    Para desinfetar as patas: nós lavamos as patinhas normalmente.
    Para desinfetar a casa: compro um produto veterinário que não é agressivo e ao mesmo tempo funciona como fungicida/antibactericida.
    Não sei se pretende sempre levar seu amigo para fazer as necessidades na rua. Aqui em casa o Joca faz as necessidades em "jornal". Nós compramos (a cada 2 meses mais ou menos) um rolo de papel um pouco mais grosso do que o jornal em casa de embalagem.
    Ah! E o cinto de segurança é mesmo imprescindível!
    Abraço e felicidades com o novo amigo ;)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada Bruna :)
      Mais tarde também arranjarei uma caminha para a sala. Para já é que quero que ele se habitue só a estar na cozinha/lavandaria.
      Também devo usar jornal nos primeiros tempos, mas não sei se cá há esse tipo de papel mais grosso. Tenho que procurar.
      Beijinho

      Eliminar
  5. Que bom Ana!! :D Como não tenho cão não posso ajudar muito nesta área mas posso dizer-te que apesar de andar o dia inteiro de vassoura numa mão e rolo adesivo noutra, não me imagino sem os meus dois miaus. Agora que chega o Inverno, ficar no sofá aconchegada na manta com eles enrolados nas nossas pernas é a melhor coisa do mundo :)

    Boa sorte com a chegada do novo amiguinho ;)

    beijinho*

    ResponderEliminar
  6. Obrigada Patrícia! Pois, eu sempre tive gatos por isso vai ser uma verdadeira aventura :) mal posso esperar! beijinho

    ResponderEliminar