As coisas simples da vida: Música

06 novembro 2013


Não me canso de dizer que as coisas simples são as melhores e a música é uma delas!

E não é preciso muito para ouvirmos música. Está disponível em todo o lado, nos nossos computadores em casa e no trabalho, nos leitores de mp3, nos rádios, nos smartphones. 

A música sempre teve um cantinho especial no meu coração. Lembro-me como se fosse hoje da música que ouvia em miúda e também do que os meus pais ouviam. Lembro-me do 1.º concerto que vi (devia ter uns 4 anos), dos vinis em casa dos meus tios, que como viveram fora, tinham imensas coisas que não havia cá. Lembro-me do walkman gigante que me acompanhava para todo o lado aí a partir dos 13 anos (juro que não sei como conseguia escondê-lo!) e também me lembro de adorar dançar desde pequenina, de como sentia a música e de como ela me fazia sentir…

Cheguei a tocar piano e guitarra mas rapidamente descobri que eu sou mais do lado do ouvinte e menos do músico.

Há fases em que ouço menos música, em que me deixo levar pela correria dos dias, em que no trabalho temos mesmo que falar muito e por isso os phones ficam arrumados ali ao lado a olhar para mim... depois vou para casa e com as tarefas do dia-a-dia, a música acaba por ficar esquecida. Claro que isso depois se reflecte noutras coisas... Afinal não devemos esquecer-nos daquilo que gostamos mesmo, certo?

Felizmente nos últimos dias a música tem-me feito bastante companhia e quero que assim continue. Sem música não sou definitivamente a mesma!

E o que ouço por aqui?

Neste momento ando viciada em:

Junip





The National (a treinar para o concerto que se aproxima :))



alt-J




Jeff Buckley (volta e meia tenho fases em que devoro tudo o que é Jeff)



Tool (o álbum Lateralus será sempre um dos meus álbuns preferidos de sempre)




E desse lado o que se ouve?

créditos imagem | https://unsplash.com

6 comentários:

  1. Oi!

    Bom, a música sempre teve um papel muito importante na minha vida. Aos 15 anos fui convidada pra cantar em uma banda de rock e me diverti muito! Gosto muito dos hard rocks dos anos 80, como as bandas: Europe, Bad Company, Survivor...

    Sou apaixonada por Matchbox 20. Amo todos os cds deles. Também curto muito Southern Rock, como Lynyrd Skynyrd!

    ResponderEliminar
  2. Não conhecia Junip e estou a adorar. Thanks!

    ResponderEliminar
  3. Ena ! Que boa surpresa !
    gosto imenso de todos os nomes que referiste ( menos National :p )
    Por cá a Dave Matthews Band está sempre em loop !!
    Mas gosto imenso de vozes femininas : Feist, Cat Power, Fiona Apple, Edie Brickell , Marta Hugon , Regina Spektor ...

    ResponderEliminar
  4. Olá boa noite Ana.

    A música também tem um lugar muito especial no meu coração. Desde pequena que oiço música e não consigo sequer imaginar a minha vida sem ela.
    Adoro a tua playlist, e confesso que faz parte da minha vida, tirando Tool! Embora conheça um pouco não é das bandas que mais aprecie, sou ultra fã de Sonic Youth, viciada em The Kills, adoro Elliot Smith, entre tantos outros!

    Beijinhos ,

    Catarina.

    ResponderEliminar
  5. Aos anos que eu não ouvia Tool!! 10 ou mais! Já nem me lembrava de tal banda! Obrigada Ana por mos mostrares de novo!

    ResponderEliminar
  6. Também tive um walkman gigante onde ouvia as minhas mixs de spice girls e backstreet boys eheh há sempre música cá em casa, principalmente para as tarefas domésticas, dá-me mais energia para enfrentá-las ;) agora ando obcecada com Them Crooked Vultures! Gostei de conhecer essas bandas, só conhecia Tool. Beeijinho*

    ResponderEliminar