Desafio não superado: um mês sem champô

21 outubro 2013


Já há muito que queria testar este desafio. Já tinha lido em vários blogs adeptos de uma vida mais simples e ecológica as vantagens de não usar champô. O meu champô acabou e isso foi o pretexto perfeito para iniciar este desafio, que começou dia 30 de Setembro.

Não pensem que deixei de lavar o cabelo! Deixei simplesmente de usar champô e passei a fazer o meu "champô" em casa.

Receita champô caseiro:
Uma colher de sopa de bicarbonato de sódio e um copo de água quente.

Receita amaciador (não usei, porque já não uso amaciador):
Uma colher de sopa de vinagre de cidra de maçã e um copo de água.

Aguentei até dia 14 de Outubro, portanto 15 dias! Inicialmente o cabelo estava bem, depois foi ficando +/-, até ficar mesmo muito mal! Supostamente deve-se esperar justamente 15 dias para que o cabelo se adapte e deixe de produzir os óleos naturais para compensar a falta de champô, mas não consegui esperar mais! Além disso, normalmente esse é o período de tempo para quem lava o cabelo algumas vezes por semana e não todos os dias, como eu. Por isso por esta altura, o meu cabelo já deveria estar habituado. Eu acho que ele não gostou mesmo sinceramente. Andava pesado e oleoso, a cair mais do que o costume e eu estava a detestar a sensação. Se há coisa que gosto, sobretudo desde que cortei o cabelo bem curtinho, é sentir o cabelo super leve!

Portanto não fazia sentido continuar algo com o qual não me estava a sentir bem, só por querer completar um determinado desafio.

Portanto acabei com o desafio e comprei um champô natural (até diferente do que usava antes para variar) e quando voltei a lavar o meu cabelinho não me podia sentir mais feliz!

Parece que me tinham dado um cabelo novo!

Agora isto não quer dizer que a coisa não funcione com outras pessoas e outros cabelos. Aliás funciona, senão não havia tantos testemunhos por essa net fora. 

Além disso, acho que este champô caseiro dá perfeitamente para usar uma vez ou outra, no caso de o nosso champô acabar por exemplo, pois ao usar uma vez de vez em quando, o nosso cabelo não chega a passar pelo tal período de transição e fica mesmo bem lavado. Portanto nesses casos até recomendo. Nas primeiras vezes em que lavei o cabelo, juro que não senti diferença em relação à lavagem com o champô. O problema foi só mesmo depois.

E por aí já alguém tentou esta experiência?

créditos imagem | https://unsplash.com

13 comentários:

  1. Eu nunca tentei, não tenho "coragem" para tal.
    Já agora, que champô natural é esse que usas?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Agora comprei da marca Dr. Organic, mas já usei da Jansen. Compro sempre o champô nas lojas celeiro-dieta.

      Eliminar
  2. Não sei se me daria bem com esse tipo de desafio... Meu cabelo é super oleoso, lavo uma vez por semana com shampoo neutro para remover os resíduos e no mais uso shampoo para cabelos oleosos, e ainda lavo todos os dias, por causa da academia...

    talvez eu pudesse fazer de vez em quando... mas acho que ficar sem shampoo mesmo não conseguiria jamais!

    ResponderEliminar
  3. Olá Ana, n sabia q champô caseiro podia ser tão simples e nunca tinha pensado em fazer! Mas estou surpreendida com a simplicidade :)
    Sabes se o bicarbonato e o vinagre não afectam o cabelo pintado?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Carla, acho que não faz mal usar em cabelos pintados! Mas tenta pesquisar por "no-poo" (é assim que as americanas se referem ao não usar "shampoo") e pode ser que encontres alguma informação sobre o assunto.

      Eliminar
  4. Ana, sou a Ana e uma fiel seguidora do teu blog, apesar de este ser o meu primeiro comentário. Louvo a tua coragem para a experiência! Eu confesso que nunca tentei. Mas desde ha cerca de um ano que uso champôs o mais naturais possível e tenho tentado reduzir o número de lavagens por semana ao mínimo estritamente necessário, e consegui passar de 3-4 vezes para 2-3 vezes (faço desporto cerca de 4 vezes por semana). Acho que a produção de óleos tem mais a ver com a frequência das lavagens do que com o tipo de champô (claro que este também influencia), pois se formos a ver mesmo água quente sozinha é suficiente para remover gordura! Claro que isto é o que funciona comigo e concordo plenamente que cada qual tem que achar o que é melhor para si. Mas pronto, é sempre bom partilhar experiências!

    ResponderEliminar
  5. Nossa deve ser horrível não usar Shampoo. Confesso que vim conferir se você estava falando de Shampoo (xampu), nosso português é diferente e eu não sabia que vocês chamavam assim, e aqui amaciador é condicionador. Eu adoro essa diferenças.

    ResponderEliminar
  6. Ola Ana, primeiro gostaria de dizer que gosto muito do modo como escreve, transmite sempre muita serenidade, adoro ler seus posts. Quanto ao shampoo, tentei algumas vezes para ver se melhorava, mss desde a primeira vez meu cabelo ficiu muito ruim. Não aguentei. Bjs

    ResponderEliminar
  7. Ola Ana, primeiro gostaria de dizer que gosto muito do modo como escreve, transmite sempre muita serenidade, adoro ler seus posts. Quanto ao shampoo, tentei algumas vezes para ver se melhorava, mss desde a primeira vez meu cabelo ficiu muito ruim. Não aguentei. Bjs

    ResponderEliminar
  8. Já ouvi falar mas nunca tentei, tenho o cabelo grande e fico sempre com medo de ficar esquisito. Mas já experimentei oleo de côco como amaciador e ficou horrivel! Extremamente oleoso, terrivel mesmo, e usei só um niquinho. O que achaste do vinagre como amaciador?
    Beijinho*

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Como não uso amaciador (pois não preciso) não cheguei a experimentar mas já li em vários blogs sobre o assunto e dizem que funciona. Quanto ao óleo de côco, o que li é que é usado para fortalecer o cabelo e deve aplicar-se no couro cabeludo de vez em quando e não usar como amaciador.
      beijinho*

      Eliminar
  9. Olá, Ana. Já ouviste falar de shampoo sólido? Eu também tenho o cabelo oleoso, comprei um shampoo sólido de sésamo. É feito de forma caseira, tudo com produtos naturais. Procura no facebook por Sabonetes d'Avó, foi lá que comprei. Gostei imenso, principalmente porque o cabelo aguentou-se mais tempo. Experimenta!!
    Bjs.
    Rita Martins

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Rita, não conhecia. Vou tentar experimentar.
      Obrigada :)

      Eliminar