Go slowly: mexe-te!

15 maio 2013


As “go slowly” são pequenas dicas que podemos implementar no nosso dia-a-dia que nos permitem viver de forma mais lenta, relaxada e feliz. Fazem-nos ver a vida de outra forma e ensinam-nos a valorizar as pequenas coisas. Vamos a mais uma dica?
  • Anda mais a pé e mais devagar
  • Sobe e desce escadas (deixa de usar o elevador)
  • Estaciona o carro longe
  • Deixa o carro em casa
  • Anda de bicicleta
  • Se tens um trabalho de secretária, levanta-te mais vezes, faz mais pausas
  • Aproveita para fazer alguns alongamentos sempre que podes (no trabalho faço sempre alguns quando vou ao wc)

Arranja tempo para praticar exercício físico. Pode nem sempre apetecer, mas faz tão bem à saúde e depois sentimo-nos tão bem! Quando me dá a preguiça, tento pensar na sensação que sinto no fim e isso ajuda!

Ao fim-de-semana, temos mais tempo e por isso costuma ser mais fácil. Mas e durante a semana? Para quem tem menos tempo, o ideal é fazer exercícios mais intensos e de duração mais curta. Um exemplo: saltar à corda! 5/10 minutos por dia é suficiente. É um exercício bastante completo e obriga-nos a respirar correctamente, pois exige uma coordenação entre os movimentos e a respiração (senão lá vem a dor de burro). E há imensas formas de se saltar acorda.

Podem ver aqui algumas delas (é melhor ver o vídeo sem som!)

E quando salto à corda?

Às vezes ao fim-de-semana, mas faço-o muito mais vezes durante a semana, precisamente por gastar pouco tempo.

Então ao final do dia ou enquanto estou à espera do jantar, salto à corda! A cozinha é o sítio ideal, pois tem muito espaço. Como são só 10 minutos é super rápido.

Comecei a saltar à corda no ano passado e quando comecei era uma desgraça, estava sempre a parar, ficava com dor de burro, enfim, era de rir. Mas continuava e insistia, pois sabia que com a prática iria melhorar (tudo melhora não é?). Além disso, quando era miúda fartava-me de saltar e conseguia fazê-lo perfeitamente. Portanto, continuei e agora não custa nada e já não fico com dor de burro. Sabe bem e faz muito bem à circulação, sobretudo depois de um dia inteiro sentada em frente a uma secretária. Além disso também faz muito bem à postura corporal (sinto que fico sempre mais direitinha depois de saltar, pois enquanto saltamos somos obrigados a estar com as costas direitas).

Por isso, mexe-te e cuida de ti :)

2 comentários:

  1. obrigada pelas sugestões, querida Ana.
    um beijinho, dia bom!

    ResponderEliminar
  2. Tens toda a razão, é preciso não ficar parado! As minhas caminhadas andam em stand by por causa das alergias ao pólen e tenho andado preguiçosa para fazer exercício cá em casa..mas gostei dessa ideia da corda! tenho uma perdida na garagem dos meus pais, vou à procura! ;)

    beijinhoos*

    ResponderEliminar