Uma garagem vazia

11 março 2013


Os flashbacks são, como o próprio nome indica, um regresso ao passado.
Foi por volta de Novembro de 2011 que comecei a ler sobre minimalismo e que transformei literalmente a minha vida!
Na altura não tinha blog mas escrevia numa espécie de diário.
Quando criei o blog, um ano depois, recuperei alguns desses textos para te inspirar a fazer o mesmo. Espero que gostes!

As caixas/caixotes de todas as coisas que fomos comprando (electrodomésticos, computadores, etc.) foram-se amontoando na garagem.
Umas porque eram giras, outras porque poderiam vir a dar jeito...
Foram-se acumulando, acumulando e nunca mais lhes mexi!

Na altura em que comecei a simplificar, não me esqueci da garagem, mas só me livrei de alguns caixotes... Digamos que tentei fazer uma selecção...
A maioria continuava lá, até porque não sou eu só que decido, não é?

Também a garagem é a garagem, como não era dentro de casa não me incomodava minimamente. Além disso a garagem continuava a cumprir o seu objectivo que era haver espaço para o carro.

Até que um dia o condomínio afixou um aviso a dizer que iria lavar todas as garagens do prédio e que, portanto, precisaria que toda a gente esvaziasse as suas garagens.

Quando vimos o aviso combinamos um dia para pegar em todos os caixotes e os arrumarmos noutro sítio, de forma a que a garagem ficasse livre.

Assim foi, no dia combinado começámos a mexer nos caixotes e... Constatámos que os caixotes estavam uma desgraça... estavam húmidos, outros até já tinham a companhia de alguns bichinhos... Foi remédio santo! Só parámos no eco-ponto mais próximo e só saímos de lá quando ficamos com o carro sem nenhum caixote! Já estão a imaginar a minha alegria!!!

Obrigada condomínio por teres tornado a minha garagem num espaço completamente vazio!

Sem comentários:

Enviar um comentário