Sala: mais espaço e superfícies mais livres

15 fevereiro 2013

Os flashbacks são, como o próprio nome indica, um regresso ao passado.
Foi por volta de Novembro de 2011 que comecei a ler sobre minimalismo e que transformei literalmente a minha vida!
Na altura não tinha blog mas escrevia numa espécie de diário.
Quando criei o blog, um ano depois, recuperei alguns desses textos para te inspirar a fazer o mesmo. Espero que gostes!

A sala (de estar/jantar) tem um sofá bem grande, um móvel de tv, uma mesa de apoio (ao lado do sofá), uma mesa de jantar e 4 cadeiras, um aparador, um tapete (na sala de estar), 3 candeeiros (2 de tecto e um de pé) e um puff (igual ao que já tive no quarto). Às vezes confesso que já me quis livrar do puff, mas depois já jeito para servir de repousa-pés e também para pousar o tabuleiro do chá...

Em cima da mesa já tive uma taça com umas bolas decorativas. Não servia para nada, só para dar trabalho... Como fazemos todas as refeições na sala tinha que ter sempre o trabalho de retirar e voltar a colocar a taça. Quando me livrei dela, tudo se tornou mais simples! Foi nessa altura que pensei mesmo que aquilo não tinha qualquer sentido!

Em cima do aparador, além de uma moldura com várias fotos, tinha três jarras das quais me fartei e por isso guardei-as (mais uma vez apenas as comprei para ter algo em cima do móvel, nada mais... por isso se esse propósito deixa de existir, as jarras também!).

Não gosto nada de fios e se pudesse tinha tudo wireless! Mesmo estando escondidos atrás de um móvel, a verdade é que acumulam pó! Assim, organizei os fios que estão atrás do móvel da tv numa extensão e com várias fitas separadoras (agora acumulam menos pó e é mais fácil limpar/aspirar).

Dentro do móvel da tv tinha muita tralha...
- Um puzzle de 1000 peças que já tinha há muitos e muitos anos e que nunca concluí...

- Uma gaveta com vários cds/dvds e caixas (daquelas onde cabem muitos cds/dvds empilhados). Fiz uma grande arrumação e foi muita coisa para o lixo.

- Uma caixa cheia de cabos e telemóveis antigos. Destralhei essa caixa, deixando apenas os cabos que realmente precisamos (estes foram guardados numa caixa do escritório). O resto foi para a reciclagem e a caixa preta (da imagem) foi dada.

(Não tenho fotos nenhumas destas arrumações, só mesmo dos cabos, a meio do processo)

Com este novo espaço livre pude arrumar o pc, que andava sempre meio perdido pela sala, ou em cima da mesa ou numa cadeira (pois usamos mais o computador que está no escritório). Assim o pc continua num sítio de fácil acesso, mas já não está à vista (menos tralha visual, muito melhor!)
Temos 4 comandos, mas só um é usado todos os dias, por isso arrumei todos os outros dentro do móvel da tv.

No sofá, livrei-me de 2 almofadas que já estavam a precisar de reforma. Tenho duas mantas pequenas que quero substituir por uma maior, mas só me livro delas quando já não forem capazes de cumprir o seu objectivo.

Um dia lembrei-me de mudar a disposição da mesa (quando se entrava na sala estava na horizontal e passou a estar na vertical) e deixei só 4 cadeiras (tinha 6). O facto de ter alterado a disposição da mesa deu outra vida à sala! Ficou mais espaçosa e a mesa até se tornou mais bonita, pois agora a luz incide sobre a mesa de outra forma... Não sei bem explicar, mas adorei!

A mesa de apoio (tem uma prateleira e uma gaveta), ao lado do sofá, estava cheia de catálogos e revistas (acho que não cabia nem mais um!) - muitos eram de decoração, da altura em que víamos muita coisa para decidirmos o que comprar para a casa nova... outros eram de moda e afins - foram todos para o lixo! Apenas digitalizei algumas coisas que gostava muito. Esta mesa também já teve muitas outras coisas, como material de escritório, papelada... Agora tem só o iPad, o livro que ando a ler actualmente, o correio que recebo e que é para depois arquivar (vou juntando tudo aqui e depois coloco tudo numa capa que está no escritório, como são coisas recentes que posso precisar durante alguns dias prefiro deixar aqui em vez de arrumar logo na capa) e também tenho uma pastinha onde junto todas as facturas para o irs. Tenho mesmo pouca coisa nesta mesa, tão pouca que poderia bem arrumar noutro sítio e livrar-me da mesa, mas gosto muito da mesa. A mesa só por si é uma peça de decoração que adoro :)

Quanto a peças decorativas, acho que tenho cerca de 5, contando com a moldura e um quadro. Gosto de todas, mas sei que se algo se estragar ou partir passo bem sem qualquer uma delas e acreditem que isto em mim tem um efeito libertador fantástico!

Gostava de ter a sala mais branca, gostava, apesar de também adorar ver pormenores de cor. Mas agora quero concentrar-me nas coisas que tenho e gosto e não naquilo que quero mudar. O ser humano é insatisfeito por natureza e eu sempre fui daquelas que só está bem onde não está. Aos poucos tenho tentado deixar de ser assim e por isso não vou mudar nada nos próximos tempos, mudarei apenas quando algo se estragar/ficar velho, mas não vou estar constantemente a pensar nisso. Por exemplo, quando precisar de umas novas cortinas, serão de certeza brancas lisas :) 

4 comentários:

  1. Boa!

    Eu ainda tenho alguma tralha... mas a que tenho é "a que gosto mesmo"... o que não gostava já foi!!!

    Beijinho!

    ResponderEliminar
  2. Não poderia estar mais de acordo!!! Também abomino peças decorativas em cima de móveis!! só servem para dar trabalho, acumulam pó , o que faz muito mal à saúde dos alérgicos e não só..., não têm utilidade nenhuma e servem, no meu entender, para tornar o espaço \ ambiente pesado, cansativo, confuso...enfim...a minha mesinha de jantar também não tem nadinha em cima! E que bonita que ela fica assim :) (Também já teve em tempos...certo...mas já não tem!) O que gosto muito , e tenho na minha sala, são 3 vasinhos de plantas naturais! Adoro ter palntas\flores em casa e por isso tenho 3 na sala! 2 sobre uma prateleira de vidro e 1 sobre uma mesa pequena (não me lembro do nome xpto da mesa. Tenho só 1 manta grande no sofá! Dá para os 2:) tenho 2 almofadas que dão sempre jeito. Tenho uma cadeira de verga que acaba por dar jeito em algumas situações... Não tenho móvel para a T.V. Está no chão\em cima da mármore que está muito bem! Quadros tenho 3 pendurados (do "artista" cá de casa). Adoro e não "atrapalham"! Para além dos vasos, tenho 2 galos de barcelos. Adoramos essa peça tradicional portuguesa, uma Caixa da Vida portuguesa e 2 bustos que nos ofereceram e gostamos. Tapetes, só mesmo 1 sobre a mesa de jantar. Por acaso, acho difícil ter a sala mais simples do que já está...ehehehe!! Ah! e um Cesto com 6 brinquedos do Hulk:)

    ResponderEliminar
  3. Quando visitei a tua casa ela estava de facto minimalista (lembro-me da sala praticamente so com os móveis), tinhas mudado para lá há pouco tempo e tralha era coisa que não tinhas...estou a ver que com o tempo arranjaste alguma e que já te livraste dela...:P Também gosto cada vez mais de ambientes com branco, dão luz ao espaço e criam harmonia :) Quem havia de dizer...a minha anokas a gostar de branco... és uma nova Ana que estou a gostar muito de descobrir. Continua a partilhar as tuas experiências pois são verdadeiramente inspiradoras, tens aqui uma leitora assídua, mas o pimpolho deixa-me tão cansada que nem sempre me sinto com energia para comentar heheh beijinho grande

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É verdade! Acho que a casa deveria ter ficado sempre assim, como quando a viste ehehe Aos poucos está quase lá.
      As pessoas mudam muito realmente e ainda bem que para melhor :)

      Eliminar