Adeus tarifário tag e adeus net

07 fevereiro 2013

No final do ano passado resolvi mudar o tarifário do telemóvel. Já há muito que o queria fazer mas fui adiando. Tinha o optimus tag, o que era óptimo pois tinha chamadas e sms grátis para outros tags, mas como tinha carregamentos obrigatórios e não gastava o dinheiro, ia acumulando saldo e isso chateava-me. Até que decidi e mudei para o tarifário livre! É verdade que as chamadas são muito mais caras, mas pelo menos não acumulo saldo e só carrego quando me apetece ou quando efectivamente preciso!

Afinal há tantas outras formas de comunicar: por e-mail, pelo skype, pelo facebook, pelo telefone fixo. Para as pessoas que não têm net, como a minha avó, passei a usar o telefone fixo!

Outra das coisas que resolvi fazer foi tirar a net do telemóvel. Eu já passo tanto tempo na net quando estou no computador... não há necessidade de estar sempre online, certo?

Também desinstalei algumas aplicações do smartphone, pois fui vendo que não eram assim tão essenciais... Uma delas foi o facebook. Percebi que me basta aceder no computador.

A verdade é que não me arrependi nada destas decisões, muito pelo contrário.
Nos primeiros dias sem net no telemóvel senti-me muito mais livre! Fiz outras coisas muito mais interessantes e diminuí a necessidade constante de estar sempre actualizada (a tecnologia trouxe-nos imensas boas mas isto de se estar sempre disponível tem muito que se lhe diga... Já ouviram falar do Fear of missing out?)

E, melhor do que tudo, com estas duas pequenas decisões acabei por poupar muito dinheiro!

É por estas e por outras, que acho que todos nós gastamos dinheiro mal gasto sem darmos conta... Coisas que achamos que são essenciais não são assim tão necessárias... Só que, muitas vezes, só nos apercebemos quando damos o passo em frente para nos livrarmos disto ou daquilo. E dar esse passo é que é difícil! Ou temos a “sorte” de nos acontecer algo que nos faça perder essa coisa ou então temos que ser nós mesmos a tomar a iniciativa. E como sabemos, as pressões dos outros não ajudam nada...

Por isso é que o minimalismo é um grande aliado neste processo!
Permite-nos ver mais além e ver as coisas sob um outro prisma. Permite-nos descomplicar e passar a questionar tudo e todos, sem preocupações com aquilo que os outros pensam!

3 comentários:

  1. Olá!
    Eu tinha um tarifário vodafone, semelhante ao que tinhas... com carregamentos obrigatórios e ficava com o € em saldo... e já tinha muito € no telemóvel, então decidi trocar para outro semelhante, também com carregamentos obrigatórios, em que fico sem o dinheiro, e fico com net... e atendendo ao saldo que tenho devo ficar cerca de um ano (ou mais qualquer coisa) sem ter que gastar dinheiro com o telemóvel! :)

    Bj.

    ResponderEliminar
  2. Concordo!! Nada como descomplicar tudo!! Mesmo quando os outros tendem ou teimam em complicar...
    E também discordo da "necessidade" de se estar constantemente "online"! Acho mesmo pavoroso! Para alguns é mesmo um vício já profundo!! Eu não tenho essa necessidade. Nunca tive, e espero mesmo nunva vir a ter! Acho uma "prisão" de certa forma. Tenho um tarifário semanal de internet no telefone que pouco uso...por acaso ando a ponderar se mantenho ou não... De qualquer forma, o uso que faço é muito, muito residual. Um dia quem sabe até o cancelo mesmo. Claro que ao ler este teu post...fico a pensar mais um bocadinho... :) E ainda bem!

    ResponderEliminar
  3. É assim mesmo! Devido a uma promoção acabei por aderir a um tarifário pós pago especial e é muito melhor do que carregamentos fixos (até porque, tal como dizes, cada vez mais comunicamos por email ou mensagem via facebook).

    É como dizes, muitas vezes achamos que precisamos de tudo, mas iríamos poupar tanto de encarassemos a realidade =)

    ResponderEliminar